Desenvolvimento social e emocional de crianças de 18 a 24 meses

p

p

p Nessa idade, seu filho provavelmente fica mais feliz brincando ao lado - em vez de com - outras crianças. Mas é importante apresentar novos companheiros. Socializar-se com outras crianças é uma excelente maneira de promover o desenvolvimento social e emocional de seu filho.


Marcos Sociais e Emocionais

p Uma criança de 18 a 24 meses está se esforçando para afirmar a independência - espere comportamentos que envolvam as palavras "não!" e meu!" Nessa idade, a criança típica também:

  • Gosta de jogar sozinho por curtos períodos de tempo.
  • Age como se possuísse certos objetos.
  • Gosta de fazer coisas sem ajuda.
  • Ajuda nas tarefas domésticas simples.
  • Tem problemas para compartilhar. Pode bater, Empurre, e pegue para guardar os brinquedos.
  • Demonstra preocupação com os outros.
  • Mostra medo, mas pode ficar tranquilo.
  • Alterna entre fazer as coisas de forma independente e querer ajuda ou conforto.
  • É vigilante perto de adultos que não conhece.

Brincadeira e atividade

p Use rotinas diárias, como caminhadas e refeições, para falar sobre a família e os amigos. Este momento especial não apenas fortalece o seu vínculo - nutre e apóia o crescimento social e emocional de seu filho .

p Aqui estão mais algumas dicas para ajudar seu filho a florescer social e emocionalmente:

  • Converse com seu filho com antecedência sobre novas rotinas e eventos:"No playgroup, vamos cantar canções e ouvir histórias. "
  • Apresente seu filho a um companheiro.
  • Observe seu filho enquanto ele brinca com outras crianças. Nessa idade, seu filho vai brincar melhor sozinho.
  • Fale sobre as brincadeiras de outras crianças:"Olha, Kim está construindo uma torre de blocos. "
  • Deixe seu filho ajudar nas tarefas domésticas, como limpar derramamentos, colocar roupas em gavetas, ou guardar brinquedos.
  • Modele boas maneiras:use "por favor" e "obrigado".
  • Continue a amamentar.
  • Divirta-se com seu filho. Rir juntos cria bons sentimentos.
  • Fale sobre as emoções de seu filho:"Suas lágrimas me dizem que você está triste."
  • Sugira maneiras de lidar com os sentimentos:"Quando você sentir raiva, venha e peça ajuda a um adulto. "
  • Cante canções simples sobre emoções, tal como Se você está feliz e sabe disso .
  • Leia histórias que exploram emoções, e falar sobre eles.
  • Ofereça opções ao seu filho para ajudá-la a lidar com seus sentimentos:"Você está se sentindo triste, você quer abraçar ou ficar sozinho? "
  • Fale sobre como os outros se sentem:"João está triste porque você levou o caminhão dele."
  • Se seu filho machuca outra criança, explique:"Você não pode machucar os outros." Redirecione a atividade de seu filho.

Outros marcos sociais e emocionais

p Entre 18 e 24 meses, seu filho também pode:

  • Veja a si mesma como uma pessoa separada. Seu filho pode dizer:"Não, eu faço isso. ”
  • Vista roupas simples sem ajuda.
  • Tenha mudanças de humor e acessos de raiva.
  • Mostre comportamentos agressivos, como morder e bater.
  • Diga "não" muito, especialmente se ele ouve "não" com frequência
  • Às vezes, compartilhe comida, brinquedos, e outros itens.
  • Familiarize-se com as rotinas.
  • Fique insatisfeito com quaisquer mudanças nas rotinas.
  • Desenvolva novos medos.
  • Tenha um brinquedo ou cobertor de segurança.

p Recursos e links:
HealthLink BC:Desenvolvimento Emocional e Social, De 12 a 24 meses

  • p Quase sempre que seu médico usa a palavra gravidez com um adjetivo antes dela, as coisas podem ficar muito estressantes, muito rapidamente. Se você já teve que pesquisar no Google o termo “ectópico”, você saberá que basicamente significa que algo d
  • p Há muitas coisas que as pessoas não falam sobre ser um novo pai. Porém, o mais importante:ninguém sabe o que está fazendo, todos nós cometemos muitos erros. Não importa o quão juntos outro pai possa parecer, todos nós ficamos cobertos de vômito, xi
  • Depois de ter um bebê, você e seu parceiro enfrentarão novos desafios - e é importante que trabalhem em equipe. Aqui estão algumas idéias para apoiar seu parceiro e criar um vínculo eficaz com seu bebê: Converse com seu parceiro o mais frequente